carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Trichet pede que autoridades não esqueçam lissões da crise

O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, pediu neste sábado aos formuladores de política mundiais que não esqueçam as lições da atual devastadora crise mundial, mesmo com os sinais recentes de que o pior já passou.

REUTERS

22 de agosto de 2009 | 16h18

"Estar intelectual e conceitualmente preparado significa fazer tudo o que podemos, nas áreas de nossa responsabilidade, para evitar uma repetição desses eventos dramáticos", disse ele durante uma conferência do Federal Reserve.

"Agora que temos alguns sinais confirmando que a economia real está começando a sair do período de queda livre..., o pior erro seria esquecer a importância e a urgência de nossa tarefa."

Ele acrescentou que os sinais de recuperação não significam que não há um período difícil à frente.

(Por Mark Felsenthal)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROTRICHET*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.