Trigo registra queda com produtividade maior nos EUA

Cenário: Filipe Domingues

O Estado de S.Paulo

27 de julho de 2012 | 03h11

Uma expedição de safra mostrou produtividade acima do esperado nas lavouras de trigo de primavera nos Estados Unidos, sinalizando oferta mais ampla e pressionando as cotações do cereal na Bolsa de Chicago. O Conselho de Qualidade do Trigo afirmou que o rendimento de lavouras da Dakota do Norte, principal Estado produtor da variedade, está cerca de 8% maior do que no ano passado. O dado mostrou que a recente valorização do trigo, puxada em grande parte por causa da seca nas lavouras de milho - já que ambos são usados como ração - pode não estar alinhada aos fundamentos de oferta e demanda do trigo. Assim, os contratos do grão para entrega em setembro fecharam em baixa de 2,13%, cotados a US$ 8,84 por bushel.

O milho e a soja também recuaram ontem. Embora a estiagem ainda seja preocupante, com possibilidade de reduzir a produção, choveu em parte do Meio-Oeste americano. Segundo analistas, a queda dos preços refletiu o fato de que parte dos investidores deixou de apostar na alta, pois os grãos já subiram bastante nas últimas semanas.

No caso do milho, há preocupações com a demanda. Dados de exportação do governo americano mostraram uma série de cancelamentos de compras, o que sinaliza que muitos importadores não querem pagar os elevados preços atuais. Apenas neste mês, o milho acumula alta de 23%. Para a próxima semana, o Serviço Climático Nacional dos Estados Unidos prevê temperaturas acima da média em boa parte Cinturão do Milho, mas há a previsão de chuva.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.