bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Trigo sobe e interrompe sequência negativa

Os preços do trigo reagiram ontem no mercado futuro americano. Na Bolsa de Chicago, o contrato para março encerrou o pregão a US$ 5,1950/bushel, em alta de 1,71%. As cotações foram impulsionadas por coberturas de posições vendidas após seis quedas consecutivas. Segundo analistas, o movimento de baixa perdeu força diante da recuperação de outras commodities e do recuo do dólar ante outras moedas. Como o trigo está em período de entressafra, o mercado deve continuar buscando direção em outros ativos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.