Samuel Corum/The New York Times
Samuel Corum/The New York Times

Trump tem discutido demitir presidente do Federal Reserve, diz agência

Frustração de Trump com o chefe do banco central norte-americano cresceu após o aumento dos juros nesta semana

Reuters, O Estado de S. Paulo

22 de dezembro de 2018 | 15h07

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tem cogitado demitir o presidente do Federal Reserve (Fed), Jerome Powell, publicou a Bloomberg neste sábado citando fontes.

A frustração de Trump com o chefe do banco central norte-americano cresceu após o aumento dos juros nesta semana e após meses de perdas nas bolsas de valores, segundo a agência de notícias, que atribuiu a informação a fontes a par do assunto.

Nos últimos dias, o presidente dos EUA cogitou diversas vezes em conversas privadas a possibilidade de demitir Powell, diz a reportagem, citando duas dessas fontes.

Um porta-voz da Casa Branca não quis comentar, nem a porta-voz do Fed, Michelle Smith, segundo a Bloomberg.

O Fed elevou as taxas de juros na quarta-feira pela quarta vez em 2018, e sinalizou “mais algum aumento gradual” nas taxas mais adiante.

Os mercados financeiros globais, incluindo os índices de ações em Wall Street, esperam por uma sinalização de maior alívio na política de juros daqui para frente.

O índice Dow Jones teve a pior semana desde a crise financeira de 2008, enquanto o Nasdaq consolidou uma tendência de baixa prolongada.

Qualquer tentativa de demitir Powell pode ser vista como um golpe contra a independência do Fed em relação ao governo.

Tudo o que sabemos sobre:
Donald TrumpFederal Reserve

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.