Adriano Machado/Reuters
Adriano Machado/Reuters

‘Tudo pode acontecer’, diz Bolsonaro sobre saída do Mercosul

Bolsonaro voltou a torcer pela vitória de Lacalle Pou a presidente do Uruguai

Mateus Vargas, O Estado de S.Paulo

25 de novembro de 2019 | 20h43

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta segunda-feira, 25, que “tudo pode acontecer na vida da gente”, quando questionado se o Brasil pode deixar o Mercosul devido a mudança política na Argentina.

Em entrevista ao Valor, o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, disse que não está descartada a saída do Brasil do bloco.

O presidente repetiu críticas ao presidente eleito da Argentina, Alberto Fernández. “Agora, não vou à posse de um cara que se elege falando ‘Lula Livre’, não vou”, declarou.

Bolsonaro criticou proposta de Fernandez de congelar preços e subir salários. “Você acha que vai dar certo? Vai ser a primeira vez no mundo que dará certo. No Brasil tentaram várias vezes e não deu.  Boa sorte para ele, só acho que não vai dar certo”, afirmou.

Bolsonaro disse esperar que acordos feitos com Maurício Macri sejam mantidos. "Nada contra o povo, nem governo, queremos que contratos assinados sejam cumpridos", disse.

Uruguai

Bolsonaro voltou a torcer pela vitória de Lacalle Pou a presidente do Uruguai.  “Espero, pelo que tudo indica, vai ser confirmado o Lacalle no Uruguai. Uma vez confirmando, vou ligar para cumprimentá-lo, e em março irei à posse”, disse

A diferença entre os candidatos presidenciais que participaram da eleição de domingo, 24, no Uruguai é tão apertada em relação aos votos “observados” ou duvidosos que a população terá de esperar a corte realizar uma recontagem.

O tribunal eleitoral uruguaio afirmou que os resultados da disputa entre Luis Lacalle Pou, do Partido Nacional, e Daniel Martínez, do Frente Ampla, deve ser divulgado na quinta ou sexta-feira.

A apuração inicial apontou que Lacalle Pou obteve 48,71% dos votos e Martínez, 47,51%, Os funcionários da corte eleitoral darão início na terça-feira a uma nova contagem das cédulas de votação em cada um dos 19 departamentos do Uruguai.

União Europeia

Segundo o presidente, a ideia do Brasil será reforçar acordo do Mercosul com a União Europeia em encontro da cúpula do Mercosul, que ocorre de 2 a 6 de dezembro em Bento Gonçalves (RS).

“Depende dos parlamentos. União Europeia e nossos aqui. A gente vai divulgar o que for possível. É muito bom para o comércio nosso e da Europa”.

O acordo Mercosul e União Europeia foi anunciado no fim de junho e prevê uma série de alterações em temas tarifários e não tarifários. A negociação entre os dois blocos levou mais de 20 anos para ser concretizada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.