Tupi terá produção de 50 mil barris por dia em 2011, informa Petrobrás

O gerente executivo para a área do pré-sal da Petrobrás, José Formigli, disse que o navio-plataforma Angra dos Reis vai iniciar produção na área de Tupi nesta quinta-feira, 28

Kelly Lima, da Agência Estado,

27 de outubro de 2010 | 16h43

O gerente executivo para a área do pré-sal da Petrobrás, José Formigli, disse que o FPSO (navio-plataforma) Angra dos Reis, que vai iniciar produção amanhã na área de Tupi, na Bacia de Santos, tem previsão de em 2011 produzir em média 50 mil barris, devendo atingir um pico de 70 mil barris por dia até o final de 2011, podendo até chegar a 75 mil bpd. A unidade só vai atingir sua capacidade máxima de 100 mil barris por dia em 2012.

Segundo Formigli, em 2010, a perspectiva é de conectar apenas dois dos seis poços previstos para serem ligados à plataforma. Isso deve ocorrer pela impossibilidade de escoamento do gás natural produzido na área, enquanto não for concluído o gasoduto ligando a unidade de processamento à cidade Taubaté.

Indagado sobre o aspecto político da decisão de inaugurar esta semana a unidade - já que antecederá o segundo turno das eleições, Formigli apenas comentou que não faria sentido adiar o início da produção. "Só se tivesse havido algum atraso e a conjunção técnica não fosse favorável a esta inauguração; mas estamos dentro do cronograma e nos esforçando para colocar em produção este sistema o quanto antes. É uma operação que envolve centenas de pessoas e não é assim um ato de Deus", rebateu. "O início da produção está associado à nossa indústria e não ligado às eleições", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.