R$ 1,57 bi

E-Investidor: Tesouro Direto atrai mais jovens e bate recorde de captação

Turquia já admite receber ajuda do FMI

A Turquia, que vinha se opondo em negociar um pacote de ajuda financeira do FMI, parece estar reabrindo o caminho para estabelecer um acordo com o fundo, informou o The Wall Street Journal de ontem. Desde o fim de janeiro, o primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, vinha dizendo que o país poderia sobreviver sem o dinheiro.Muitos analistas acreditam que ele quer evitar as impopulares restrições aos gastos do governo impostas em acordos de financiamento. Na quarta-feira, entretanto, Erdogan recuou. "Parece que iremos finalizar as discussões com o FMI após as eleições do final de março", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.