Turquia quer acordo comercial com Mercosul, diz governo

A Turquia pretende iniciar neste ano asnegociações com o Mercosul para um acordo de livre-comércio,disse à Reuters o subsecretário turco de Comércio Exterior,Tuncer Kayalar. Ancara pretende ampliar suas exportações para corrigir odéficit em conta corrente, que é o principal ponto fraco destaeconomia que cresce rapidamente. O déficit comercial de 73 bilhões de dólares contribui como déficit em conta corrente, que ronda os 6,5 por cento do PIBe assusta os investidores. Kayalar disse que as conversas sobre um acordo com oMercosul foram realizadas em abril em Buenos Aires, depois deuma tentativa inicial em 2007. "Os dois lados deixaram clara a sua intenção de continuartrabalhando por um acordo de livre-comércio", disse ofuncionário à Reuters, acrescentando que o acordo preliminardeve ser assinado no final de junho na cúpula do Mercosul, naArgentina. "Depois que o acordo-marco for assinado, a meta é começaras negociações por um tratado de livre-comércio entre o nossopaís e o Mercosul em 2008", acrescentou. Em dezembro, o Mercosul já assinou um acordo delivre-comércio com Israel, o primeiro desse tipo com um país defora da América Latina. A Turquia também planeja promover um acordo delivre-comércio com o Chile --já houve uma rodada de negociaçõespara isso em março, e uma segunda está marcada para 9-11 dejulho em Ancara, segundo Kayalar. Segundo dados da subsecretaria turca de Comércio, asexportações da Turquia para os países do Mercosul passaram de171 milhões de dólares em 2006 para 304 milhões em 2007. Já asexportações do Mercosul para a Turquia subiram de 1,26 bilhãode dólares em 2006 para 1,63 bilhão no ano passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.