Nilton Fukuda / Estadão
Nilton Fukuda / Estadão

portfólio

E-Investidor: qual o melhor investimento para 2020?

TV Record pede moratória de 90 dias para pagar dívidas trabalhistas

Companhia diz que pandemia de coronavírus prejudicou suas receitas; pedido foi feito à Justiça trabalhista, em SP

Da Redação, O Estado de S.Paulo

13 de abril de 2020 | 18h28

A TV Record pediu um adiamento de 90 dias no pagamento de suas dívidas trabalhistas, em ação protocolada na Justiça do Trabalho, em São Paulo. A companhia afirma que a moratória de três meses nos pagamentos foi solicitada em virtude do surto de coronavírus, que prejudicou suas receitas. A informação foi controlada pela diretoria de comunicação da emissora ao Estadão.

De propriedade de Edir Macedo, bispo da Igreja Universal do Reino de Deus, a companhia vem perdendo audiência nos últimos anos, atualmente alternando-se em segundo e terceiro lugares na audiência com o SBT. A companhia, há cerca de uma década, tinha a intenção de rivalizar com a líder TV Globo, mas as ambições não se materializaram.

A informação sobre o pedido de moratória foi primeiro anunciada na coluna de Ricardo Feltrin, no UOL.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.