Reuters
Reuters

Uber negocia linha de crédito de US$ 1 bilhão junto a bancos

Empresa que criou aplicativo polêmico segue os passos de outras grandes companhias que lançaram ações em bolsas de valores, como Faceboook, Twitter e Alibaba

O Estado de S. Paulo

22 Maio 2015 | 10h16

A Uber Technologies está tentando levantar uma linha de crédito de US$ 1 bilhão junto a bancos, disseram pessoas próximas ao negócio.

A companhia que criou o polêmico aplicativo de compartilhamento de veículos tem entrado em contato com grandes bancos para perguntar o quanto eles podem emprestar e em que termos. Cerca de seis a sete instituições financeiras participariam do negócio.

Procurar linha de crédito é um movimento associado a empresas que estão no estágio inicial de uma oferta pública inicial de ações (IPO), uma vez que fortalece a relação com bancos. Um IPO não é iminente, no entanto, disseram essas pessoas. Segundo uma delas, a oferta pública não é esperada até ao menos no próximo ano.

Outras companhias de tecnologia, como Facebook, Twitter e Alibaba, também procuraram linhas de crédito antes de fazerem o seu IPO. (Com informações da Dow Jones Newswires).

Mais conteúdo sobre:
Ubertecnologiaaplicativo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.