Ucrânia espera que Gazprom e Naftogaz assinem acordo

O primeiro-ministro da Ucrânia, Arseniy Yatsenyuk, afirmou há pouco que espera que a Gazprom e Naftogaz, empresas de gás da Rússia e da Ucrânia respectivamente, assinem um acordo nesta quinta-feira ou encontrem uma solução no tribunal de Estocolmo para resolver suas disputas, informou a agência de notícias russa Interfax.

AE, Agencia Estado

27 de maio de 2014 | 07h33

Yatsenyuk utilizou uma linguagem dura enquanto falava de um possível acordo de compromisso entre a Rússia e a Ucrânia sobre os preços de gás, após os dois países concordarem em se reunir para discutir os preços se a Ucrânia se comprometer a pagar sua dívida relacionada ao fornecimento de gás imediatamente.

"Esperamos que nossos vizinhos russos pensem e que o acordo entre a Naftogaz e a Gazprom seja assinado", afirmou Yatsenyuk. "A Rússia não se movimentou para resolver a disputa", acrescentou.

O premiê ucraniano disse também que a Ucrânia só vai negociar com a Rússia na presença de intermediários, como os Estados Unidos e a União Europeia. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
ucrâniarússiaacordogás

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.