Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

UE autoriza prorrogação de ajuda a bancos britânicos

Comissão Europeia diz que situação atual justifica a prorrogação da ajuda até a normalização nos mercados

Efe,

13 de outubro de 2009 | 10h56

A Comissão Europeia, órgão executivo da União Europeia (UE), autorizou nesta terça-feira, 13, o Governo britânico a manter até 31 de dezembro as medidas de apoio ao setor financeiro. As ajudas, que abrangem esquemas de recapitalização, começaram a ser aplicadas em outubro de 2008, diante do agravamento da crise financeira internacional e das dificuldades que várias entidades do Reino Unido passaram a enfrentar.

 

Veja também:

especialUm ano após auge da crise, economia se recupera

especialAs medidas do Brasil contra a crise

especialDicionário da crise 

especialComo o mundo reage à crise

 

Em dezembro, o Governo britânico chegou a promover algumas reformas para adaptar o sistema financeiro nacional às recomendações de Bruxelas sobre ajudas ao setor. A prorrogação autorizada por Bruxelas não é a primeira, uma vez que, em abril, um prolongamento de seis meses no programa de auxílio já havia sido aprovado.

 

Em nota, o órgão executivo da UE disse nesta terça que a situação atual justifica a prorrogação da ajuda até a normalização das condições nos mercados.

 

Segundo o Governo do Reino Unido, só para a recapitalização das entidades foram disponibilizados 50 bilhões de libras.

Tudo o que sabemos sobre:
União EuropeiabancosInglaterra

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.