Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

UE dá como certo acordo com Mercosul até outubro

A União Européia dá como certa a conclusão das negociações comerciais com o Mercosul até outubro e, com isso, a assinatura de um acordo de livre comércio entre os dois blocos que poderá entrar em vigor já em 2005. Em comunicado distribuído esta semana pela porta-voz da Comissão de Comércio da União Européia, Arancha Gonzalez, a Comissão informa que os chefes de Estado e de governo europeus estão sendo recomendados a adotar decisões concretas já durante a reunião de cúpula entre a América Latina e a União Européia que será realizado entre os dias 26 e 29 de maio, em Guadalajara, no México.Entre as recomendações, a Comissão propõe transformar a integração regional e a coesão social nos temas centrais da cúpula de Guadalajara. O texto recomenda claramente estimular os avanços no programa de negociações do acordo de associação entre os dois blocos, acertado em 12 de novembro de 2003, durante a última reunião ministerial. "Nas circunstâncias apropriadas, isso permitirá concluir as negociações antes de outubro deste ano", diz o texto da Comissão de Comércio distribuído pela porta-voz. E acrescenta: "A Comissão (de Comércio, cujo responsável é Pascal Lamy) confia em que as suas propostas sobre esses aspectos sejam acolhidas favoravelmente pelos chefes de Estado e de governo e fiquem refletidas nas conclusões da cúpula (de Guadalajara)".No comunicado, a Comissão afirma ainda que Bruxelas espera colocar no centro das discussões na cidade mexicana o aprofundamento dos processo de integração regional iniciados na América Latina. "Em termos econômicos, ajudará a região a se desenvolver e facilitará a inserção dos países nos mercados internacionais", diz o documento da Comissão.

Agencia Estado,

11 de abril de 2004 | 10h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.