UE deve divulgar comunicado sobre Argentina

Os ministros de Finanças da União Européia divulgarão hoje um comunicado sobre a crise da Argentina, disse o ministro de Finanças da Espanha, Rodrigo Rato. Ele informou que a União Européia está interessada em ajudar a Argentina a encontrar uma solução para a crise econômica do país e acrescentou que o comunicado da UE deve chamar atenção para a necessidade de a Argentina tomar medidas de política econômica rapidamente para solucionar a crise. Estas medidas são importantes para a Argentina obter um acordo financeiro com o Fundo Monetário Internacional (FMI).O Comissário Econômico e de Relações Exteriores da UE, Pedro Solbes, disse que o plano de ajuda da Argentina não foi suficiente para tirar o país da crise. "Algumas questões, que são cruciais, não encontram respostas no plano - como, por exemplo, a política orçamentária e a independência do banco central," disse Solbes. No entanto, ele observou que cada governo da UE, e não o bloco como um todo, deve tomar decisões, no contexto do FMI, para ajudar a Argentina.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.