UE deve reduzir débitos da Irlanda, diz premiê

O governo da Irlanda está

O Estado de S.Paulo

15 de dezembro de 2011 | 03h08

confiante de que as autoridades da União Europeia concordarão em reduzir a dívida do país, já que os irlandeses agiram conforme os interesses da Europa ao assumir os altos custos para salvar bancos que haviam cometido erros, afirmou ontem o primeiro-ministro da Irlanda, Enda Kenny.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.