UE diz que Rodada de Doha precisa avançar agora

O comissário de Comércio da UniãoEuropéia, Peter Mandelson, pediu por um progresso urgente nasnegociações da Rodada de Doha, afirmando que o próximo passosignificativo para a concretização de um acordo delivre-comércio deve ser dado até o final da próxima semana. "Se as pessoas me perguntarem agora ou depois, eu direi quepode não haver depois para este acordo. Precisa ser agora",destacou. Mandelson solicitou que outros países deixem de lado asdiferenças em relação ao comércio de produtos agrícolastropicais para permitir que um novo conjunto de compromissosseja proposto nas áreas de agricultura e bens industriais. "Eu gostaria de ver estes textos aparecendo até o meio dode maio, e isso quer dizer não além do final da próximasemana", acrescentou. As negociações da Rodada de Doha foram lançadas em 2001para formalizar um acordo de livre-comércio mundial, masdiferenças sobre como diminuir as barreiras tarifárias para asexportações atrasaram o progresso das discussões. Caso um acordo não seja constituído em breve, as mudançasde administração em Washington e Bruxelas em 2009 podemobstruir ainda mais o processo, alimentando receios sobre aascensão de políticas protecionistas em meio a um cenário decrescimento econômico vagaroso. Apesar da intensificação das negociações nas últimassemanas, nenhum progresso significativo foi relatado a ponto deconvencer a Organização Mundial do Comércio a convocar osministros a Genebra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.