UE espera que encontro em Davos ajude a impulsionar Doha

Um encontro de ministros de Comércionesta semana, na Suíça, deveria produzir uma proposta clarapara que as negociações mundiais sobre o comércio avancem nospróximos meses, disse o representante da União Européia nasegunda-feira. "Estamos nos encaminhando rapidamente para um momento deverdade da Rodada de Doha", afirmou a repórteres o comissárioda UE para o Comércio, Peter Mandelson, após um encontro com arepresentante do Comércio dos EUA, Susan Schwab. "Davos ajudará a elaborar um guia claro", acrescentou. Mandelson e Schwab devem se encontrar com outros ministrosdo Comércio no resort suíço de Davos nesta semana para discutirmaneiras de impulsionar as negociações da Organização Mundialdo Comércio (OMC) para a criação de um acordo global. A Rodada de Doha foi lançada em 2001 com o objetivo defomentar a economia mundial. Atualmente, com mais de dois anosde atraso em seu cronograma, o desfecho da rodada pode seradiado novamente devido às eleições presidenciaisnorte-americanas, segundo autoridades. Schwab afirmou que desejava que discussões em níveistécnicos "ocorressem o mais rápido possível para que a rodadaseja concluída em 2008." Mandelson e Schwab disseram ter abordado questõesbilaterais de comércio, como a frustração dos EUA com oprogresso lento da autorização de safras geneticamentemodificadas na UE e as preocupações da indústria européia sobrebenefícios oferecidos aos produtores norte-americanos debiodiesel. Os representantes do Comércio disseram também que desejavamauxiliar a Rússia a participar da OMC, mas que Moscou aindaprecisava resolver diversos problemas que impediam o país deunir-se à organização. (Por William Schomberg e Sam Cage)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.