UE fará queixa imediata na OMC contra decisão americana

O comissário Comercial da União Européia (UE) Pascal Lamy disse que os EUA escolheram o protecionismo e tornaram a situação pior para sua indústria siderúrgica. Os europeus disseram que o problema real são os fundos de pensão e benefícios de saúde das falidas companhias siderúrgicas norte-americanas. "É claro que a União Européia fará uma queixa imediata em Genebra contra esta clara violação das regras da Organização Mundial do Comércio, e nós tomaremos qualquer medida necessária para salvaguardar nosso próprio mercado", disse Lamy.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.