UE fecha acordo provisório sobre orçamento de 2012

Objetivo é manter os gastos sob controle enquanto seus 27 Estados membros enfrentam medidas de austeridade devido à crise financeira 

Clarissa Mangueira, da Agência Estado

19 de novembro de 2011 | 09h48

A União Europeia fechou um acordo provisório sobre o orçamento operacional 2012 para as suas instituições, numa tentativa de manter os gastos sob controle enquanto seus 27 Estados membros enfrentam medidas de austeridade devido à crise financeira.

Os ministros de Orçamento da UE e representantes do Parlamento fecharam um acordo político sobre um aumento nos pagamentos de 1,85% - abaixo do nível da inflação - para um orçamento de 129 bilhões de euros (US$ 174 bilhões).

O Parlamento europeu buscou compromissos maiores de seus membros, mas a UE tem estado sob pressão, especialmente de Estados membros ricos, como a Alemanha e a Inglaterra, para manter o gasto sob controle.

O Comissário do Orçamento da UE, Janusz Lewandowski, afirmou que "isso é claramente um orçamento de austeridade, visto que os Estados membros estão no meio de uma séria crise financeira. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
UEorçamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.