UE pede empenho do Mercosul para acordo bilateral

O comissário de Comércio da UniãoEuropéia, Peter Mandelson, pediu na terça-feira que o Mercosulse empenhe na busca por um acordo entre os dois blocos aindaneste ano, já que em 2009 o calendário político dificultará asnegociações multilaterais. Falando de Bruxelas a jornalistas latino-americanos,Mandelson e a comissária de Relações Exteriores da UE, BenitaFerrero-Waldner, se disseram otimistas com a retomada dasnegociações e a conclusão do acordo. Mas Mandelson também pressionou o bloco sul-americano abuscar uma solução para a Rodada de Doha do comércio mundial,que servirá de base para futuros acordos bilaterais. "As negociações com o Mercosul não vão trazer mudançasfundamentais no comércio de bens agrícolas que fiquem fora dasnegociações da OMC. Isso só pode se conseguirmultilateralmente", disse ele. A Rodada de Doha foi lançada em 2001 para promover aabertura comercial global, mas esbarra em disputas a respeitoda redução de subsídios e tarifas agrícolas nos países ricos. "O momento é agora, não podemos deixar para mais tarde.Agora temos essa oportunidade, e além disso temos essanecessidade. Se não for assim, na minha opinião, com ocalendário político [dos Estados Unidos] da América não vai serum bom ano para negociações multilaterais", disse ele,referindo-se à transição de governo em Washington. (Reportagem de Patricia Avila)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.