UE quer investigar aumento de importações de têxteis da China

A Comissão Européia informou que abrirá investigação na Organização Mundial de Comércio (OMC) sobre o aumento expressivo das importações de produtos têxteis da China. As negociações entre a União Européia e a China para moderar as exportações de têxteis pela China "continuarão e serão intensificadas", disse a porta-voz da União Européia, Claude Veron-Reville. Nos próximos dias, e certamente antes de 31 de maio, a China está ciente de que serão solicitadas consultas formais na OMC sobre a restrição ou não das importações chinesas de fios e camisetas, acrescentou a porta-voz. A comissão aprovou a moção para levar o caso à OMC no início do dia, mas afirmou que a China tem até a próxima terça-feira para tomar uma medida e evitar as negociações da OMC. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

25 Maio 2005 | 15h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.