UE quer ver supervisão bancária em vigor no início de 2013

Segundo porta-voz da comissão europeia, as propostas iniciais 'pavimentarão o caminho na direção de uma união bancária total' 

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

29 de agosto de 2012 | 12h55

BRUXELAS - A Comissão Europeia quer ver uma supervisão bancária em vigor no início de 2013, afirmou uma porta-voz da instituição Pia Ahrenkilde Hansen. "O que nós estamos querendo é acelerar as negociações com os Estados-membros e o Parlamento Europeu, para que possamos permitir uma entrada em vigor deste novo mecanismo de supervisão...no início de 2013", disse Hansen em uma reunião de comissários europeus.

Ela confirmou que as propostas iniciais de supervisão bancária da comissão deverão ser anunciadas em 12 de setembro, quando o presidente da instituição, José Manuel Barroso, fará seu discurso sobre o Estado da União.

Segundo Hansen, foi acordado que as propostas para um supervisor bancário deverão ser "tão ambiciosas quanto possíveis" e que as propostas iniciais "pavimentarão o caminho na direção de uma união bancária total" no bloco.

Os países da zona do euro fecharam um acordo que determina que a criação de um supervisor bancário único é necessária antes de permitir que os fundos de resgate da região recapitalizem diretamente os bancos da zona do euro. As informações são da Dow Jones. 

Tudo o que sabemos sobre:
UEsupervisão bancária

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.