carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Última semana para entrega da declaração de IR

Esta é a última semana para 8 milhões de pessoas encaminharem à Receita Federal a declaração do Imposto de Renda 2004, ano base 2003. O prazo se encerra na sexta-feira, dia 30, sem previsão de prorrogação. Até a última sexta-feira, a Receita havia recebido 10 milhões do total de 18 milhões de declarações esperadas. O supervisor nacional do Imposto de Renda, Joaquim Adir, prevê que a partir de amanhã a média diária de acessos à Internet atinja entre um 1 milhão e 1,5 milhão, contra a média de 600 mil acessos na semana passada.Para hoje a Receita não criou esquemas especiais de suporte aos contribuintes, a fim de evitar congestionamentos, por entender que os acessos cairão, mesmo sendo o último fim de semana antes do fim do prazo. "Nos finais de semana o ritmo chega à metade, porque a maioria dos contribuintes utiliza os computadores do trabalho para fazer a declaração", disse Adir. Ele informa que também não montou esquemas para esta semana. "Nossos computadores já estão prontos para atender à demanda", informou. Mas alertou que quem deixar para a última hora poderá enfrentar problemas nas linhas de acesso ou mesmo nos provedores. Canais de entregaAlém da Internet, pelo site www.receita.fazenda.gov.br, as opções para enviar a declaração são o Receitafone (0300-78-0300); o disquete, que deve ser encaminhado às agências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal; e o formulário de papel, nos Correios. As restituições começarão a ser liberadas a partir de 15 de junho, priorizando as pessoas com mais de 60 anos. Em sete lotes, até o dia 15 de dezembro, os contribuintes serão contemplados por ordem de data de entrega, a começar também pelos que optaram pela Internet. Em seguida, receberão a restituição os que declararam via disquetes e por último, os que utilizaram o Receitafone e os formulários de papel.

Agencia Estado,

25 de abril de 2004 | 19h54

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.