Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Último ranking semestral da Anbid

A partir desta semana, a Associação Nacional dos Bancos de Investimento (Anbid) deixa de utilizar a metodologia do Índice Sharpe para medir o desempenho dos fundos de investimento. O Índice Sharpe, formulado por William Sharpe, professor da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, tem uma fórmula matemática que mede a relação risco/retorno de um fundo. Ou seja, ele permite que se analise a rentabilidade de cada fundo em relação ao risco apresentado pela carteira.Na ultima avaliação utilizando o índice compreende aos fundos de investimento abertos a pessoas físicas que durante os últimos seis meses (terminado em 30 de abril), foram listados os mais rentáveis e os maiores de cada uma das categorias de fundos.Os mais rentáveisNa categoria renda fixa, os dois mais rentáveis foram o Título FIF 60, da Corretora Título, com rendimento acumulado de 7,85% e Votorantim Renda Fixa FIF, com 7,61%. O primeiro aceita aplicação inicial mínima de R$ 5 mil e o segundo de R$ 50 mil. Na mesma categoria, os dois maiores foram Bradesco FIF Empresa e Bradesco FAQ FIF Macro. O primeiro tem patrimônio líquido de R$ 6.604,989 milhões e rendimento acumulado de 7,28. O segundo, patrimônio líquido de R$ 4.250,821 milhões e rendimento acumulado de 7,16%.Entre os referenciados DI, os mais rentáveis foram BVA Fix Seguro, com 7,70% e Votorantim Plus DI FIF, com 7,41%. Os maiores desta categoria são HSBC DI Plus, com rendimento de 5 98% e o Citicorporate, com 7,12%.Os mais rentáveis entre os ações Ibovespa ativos com alavancagem foram Comercial Master, com 11,52% e BNL Azioni, com 6,38%. Os maiores, Opportunity Lógica II FIA, com 3,62%, e Itaú Carteira Livre FIA, com -3,83%. Entre os referenciados câmbio, os mais rentáveis foram Máxima Cambial (Multi Stock), com 23,86%, e Hedging-Griffo Cambial FIF, com 21,86%.Os maiores, Citihedge, com 20,53%, e Boston Cambial, com 20,40%.Os mais rentáveis entre os da classe multimercados com renda variável com alavancagem, estão o Latinvest Net.Verde FIF (Dreyfus), com 21,45%, e o InvestBoi FIF (Agente CTVM),com 17 28%. Os maiores, FIF Pactual Hedge, com 7,30%, e o Hedging-Grifo Verde FIF, com 13,81%.Os multimercados com renda variável foram Westlib Derivative FIF, com 7,90%, e o Coinvalores Moderado, com 7,69. Entre os maiores, Liberal Moderado FIF, com 7,29%, e o Alfa Plus FIF, cm 6,96%.

Agencia Estado,

21 de maio de 2001 | 10h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.