Um local de conexão com o futuro
Conteúdo Patrocinado

Um local de conexão com o futuro

Reinventando estacionamentos no mundo, Indigo viabiliza novos negócios no Brasil

Indigo, Estadão Blue Studio
Conteúdo de responsabilidade do anunciante

28 de maio de 2021 | 08h30

O conceito de “cidade de 15 minutos”, que busca encurtar distâncias em metrópoles e facilitar o acesso a necessidades cotidianas, vem inspirando o planejamento de infraestruturas das cidades para abrigar novos e múltiplos usos. Com esse olhar para o espaço urbano, a Indigo, líder mundial em gestão de estacionamentos e mobilidade individual, está se destacando em diversos países, viabilizando novos projetos e oferecendo um conjunto de serviços – concentrados em um único lugar – por meio de parcerias com outras instituições.

Em Paris, referência pelos movimentos atuais de modernização urbana, os estacionamentos subterrâneos se transformam em aliados da reorganização do espaço urbano – contribuem para integrar serviços e modais de mobilidade.

Com sede na França, a Indigo já usa esses espaços abaixo do solo para soluções como possibilitar a distribuição de produtos frescos, percorrendo trajetos mais curtos até o consumidor. No estudo “Inventando o estacionamento do futuro”, elaborado em parceria com o escritório do arquiteto e urbanista francês Dominique Perrault, são apresentados modelos inovadores de infraestruturas que oferecem mix de serviços e expandem a cidade verticalmente, conectando-a também abaixo do nível da rua.

No Brasil, a Indigo também inova em formatos de negócio, seja investindo em revitalização e aplicação de novas tecnologias nos estacionamentos, seja apoiando parceiros na ampliação de projetos e antecipando receitas. Em novembro de 2020, por exemplo, a empresa assumiu a gestão das vagas do Parque Ibirapuera, em São Paulo. “Além da intenção de formular parcerias para ampliar esse processo de transformação da cidade, ressaltamos a importância de políticas e programas de incentivo para implantar essas inovações também nas áreas públicas”, diz o CEO da Indigo no País, Thiago Piovesan.

São cinco anos no País e mais de 200 estacionamentos operados em 60 cidades, em segmentos como shoppings, saúde, arenas, aeroportos, universidades, entre outros. Em um mundo que terá 9,7 bilhões de habitantes até 2050, 70% deles vivendo em grandes cidades, certamente será necessário oferecer soluções que conciliem mobilidade e bem-estar. É o que a Indigo vem fazendo em 11 países, três continentes, em mais de 5.570 endereços, com o compromisso social para um futuro mais inteligente e sustentável.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.