Divulgação
Divulgação

Um 'novo dia' na imprensa britânica

Editora do ‘Daily Mirror’ lança jornal impresso; publicação será o primeiro jornal de tiragem nacional a ser lançado nos últimos 30 anos no país

O Estado de S.Paulo

23 Fevereiro 2016 | 08h08

Um dos maiores grupos editoriais de Reino Unido, o Trinity Mirror, dono do tabloide Daily Mirror, anunciou nesta segunda-feira que vai lançar um jornal nacional, que chega às bancas no dia 29.

A publicação, batizada de The New Day, terá 40 páginas e, segundo o grupo editorial, será o primeiro jornal de tiragem nacional a ser lançado nos últimos 30 anos no país.

“A cada ano, meio milhão de leitores decidem não comprar um jornal, e nós achamos que isso não vai acontecer se tivermos o produto adequado”, afirmou, à rede BBC, o diretor geral da Trinity Mirror Simon Fox.

“A revitalização da imprensa escrita é uma parte essencial de nossa estratégia, em paralelo com a transformação digital. Não é preciso fazer uma escolha entre os dois – jornais podem viver na era digital se forem projetados para oferecer algo diferente”, complementou o executivo.

De acordo com comunicado enviado à imprensa, a nova publicação será “otimista e politicamente neutra” e cobrirá “grandes histórias de maneira equilibrada, sem dizer ao leitor o que pensar”. Segundo o grupo editorial, The New Day será um jornal independente, e não uma versão “irmã” do popular Daily Mirror.

Na avaliação de Alison Phillips, editora da publicação, The New Day “foi criado após pesquisas para se conhecer o consumidor e é o primeiro jornal projetado para o ritmo da vida moderna.”

A publicação, que tem como alvo leitores de 35 a 55 anos, circulará de segunda a quinta e será vendida por £ 0,50. / Agências internacionais

Mais conteúdo sobre:
Reino UnidoBBC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.