Unânime, BC mantém Selic em 11,25% pela 2a reunião

O Banco Central manteve nestaquarta-feira a taxa básica de juro em 11,25 por cento ao anopela segunda reunião seguida, em meio a sinais de forteatividade econômica no país e incertezas no cenário externo. A decisão, em linha com as expectativas do mercadofinanceiro, foi tomada de forma unânime pelo Comitê de PolíticaMonetária (Copom). Em curto comunicado, o Copom afirmou apenas ter tomado adecisão "avaliando a conjuntura macroeconômica e o cenárioprospectivo para a inflação". Todos os 20 analistas ouvidos pela Reuters na semanapassada apostavam em manutenção da Selic. Na manhã destaquarta-feira, essa aposta foi reforçada por dados que mostraramforte crescimento da produção industrial em outubro e inflaçãoacima do esperado no mês passado. A inflação ao consumidor em São Paulo medida pela FundaçãoInstituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) foi de 0,47 por centoem novembro --bem acima da mediana das expectativas, de 0,29por cento. A produção industrial cresceu 2,8 por cento em outubrofrente a setembro, a maior expansão dos últimos quatro anos, deacordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística(IBGE). "É necessário que a autoridade monetária siga verificando oandamento da economia sem mexer na taxa de juros. Qualquermovimento agora de queda de taxa poderia gerar algum repique dainflação, o momento é de cautela", afirmou o conselheiroeconômico da Associação Nacional das Instituições de Crédito,Financiamento e Investimento (Acrefi), Istvan Kasznar. O Copom interrompeu, em outubro, um ciclo de dois anos decortes do juro. A maioria dos analistas ouvidos pela Reutersespera que as reduções sejam retomadas no primeiro semestre doano que vem. Dois dos sete diretores do BC que votaram na decisão destaquarta-feira --Paulo Vieira da Cunha e Paulo SérgioCavalheiro-- deixarão a instituição nos próximos dias. Os nomesdos seus substitutos já foram aprovados pelo Senado, mas elesainda não tomaram posse. (Com reportagem adicional de Vanessa Stelzer)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.