União de fundos diminui custos

Administradores de fundos de ações da Petrobras com recursos do FGTS começaram a incorporar alguns fundos a outros para diminuir custos e melhorar a rentabilidade dos cotistas. Essa decisão foi tomada após a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) ter publicado uma deliberação permitindo a união de fundos da Petrobras sem realização de assembléia geral de cotistas.As instituições que incorporaram fundos foram Caixa Econômica Federal, Banif Primus, BCN, Santander, Inter American Express, Bradesco, Itaú, Sul América e Alfa. No total, 17 fundos foram incorporados a outros 10 e as uniões aconteceram entre fundos de iguais ou diferentes taxas de administração. No caso de fundos de diferentes taxas, permaneceu sempre a menor, o que trouxe vantagem para cotistas.O Inter American Express, por exemplo, possuía dois fundos e os uniu. Segundo o responsável pelo setor de Estruturação de Operações da Sul América Investimentos, Armando Bruck, os patrimônios de cada fundo eram pequenos demais para manter uma boa rentabilidade ao fundo. Ele explica que um fundo tem despesas de manutenção que são distribuídas entre os cotistas, influenciando a rentabilidade.Ainda não aconteceram incorporações entre fundos de instituições diferentes. Segundo Bruck, as instituições que tiveram pequena captação estão enfrentando uma situação difícil e têm duas opções. Uma é arcar com os as despesas do fundo e manter sua carteira, para atender o cliente e manter sua fidelidade. A segunda é passar a carteira para outra instituição, arriscando-se a perder credibilidade com o cliente. Ele acredita que, por enquanto, essas instituições vão manter os fundos e arcar com parte da despesa. Porém, dentro de alguns meses, elas cederão e vão fazer a transferência para administradores maiores. Confira os fundos de ações da Petrobras que já foram incorporados por outros da mesma Instituição:Fundo União comFundo Banif Primus MP FGTS Petrobrás (taxa de adminïstração de 1,4%)Fundo Banif Primus MP Empresarial FGTS Petrobrás (taxa de 0,9%)Caixa FMP FGTS Petrobrás I (taxa de 2%)Caixa FMP FGTS Petrobrás II (taxa de 1,4%)Santander BR Branco FMP FGTS Petr. (taxa de 1%) e Santander BR Azul FMP FGTS Petr.(1%)Santander BR Amarelo FMP FGTS Petr.(taxa de 1%)BCN Alliance Master FMP FGTS Petr. (taxa de 1,2%) e Agility FMP FGTS Petr. (taxa de 3%)BCN Alliance Private FMP FGTS Petr. (taxa de 0,95%)Inter American Express Cespinvest SP FMP FGTS (taxa de 1 45%)Inter American Express FMP FGTS (taxa de 1,45%)Fundo Força Bradesco FMP FGTS Petrobrás (taxa de 1,5%)Bradesco FMP FGTS Petrobrás (taxa de 1,5%)Bradesco FMP FGTS Private V Petr. (taxa de 0,95%)Bradesco FMP FGTS Private IV Petr. (taxa de 0,95%)Itaú Geral Petr. FMP FGTS Petr. (taxa de 1%), Itaú Private Petr. FMP FGTS Petr. (1%) e Itaú SEG Petr. FMP FGTS Petr. (1%)Itaubanco Petr. FMP FGTS Petr. (taxa de 1%)Sul América Gresul FMP FGTS Petr. (taxa de 1%) e SDS Sul América FMP FGTS Petr. (1,4%)Sul América FMP FGTS Petr. (taxa de 1%)Alfa V FMP FGTS Petr. (taxa de 1,5%) e Alfa IV FMP FGTS Petr. (2%)Alfa VII FMP FGTS Petr. (taxa de 0,8%)Alfa III FMP FGTS Petr.(0,5%)Alfa VIII FMP FGTS Petr. (taxa de 0,5%)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.