União de siderúrgicas criará 2ª maior produtora da China

A futura união das duas principais produtoras de aço e ferro do leste chinês criará a segunda maior siderúrgica do país, atrás apenas da gigante Baosteel, informou hoje a agência oficial "Xinhua". As duas empresas, a Jinan Iron and Steel Group e a Laiwu Steel Group, são atualmente a sexta e sétima produtora de aço do país, respectivamente.Em 2005, a produção conjunta das duas empresas chegou a 20,7 milhões de toneladas, a apenas duas toneladas da Baosteel, a gigante com sede em Xangai. "O plano de reestruturação foi aprovado pelas autoridades provinciais (de Shandong, no leste do país)", disse Zeng Zhaoqi,diretor da Comissão de Administração e Supervisão de Bens Estatais da província.Zeng não revelou detalhes sobre este plano, mas disse que a reestruturação das siderúrgicas estará finalizada em outubro. Os especialistas indicam que a reforma destas duas companhiasestatais, cujos produtos são complementares, ajudará a reforçar a competitividade da China no setor do aço.No primeiro semestre de 2006, a produção de aço da China cresceu 18,26%, para 199,4 milhões de toneladas, segundo dados divulgados na semana passada pela Associação do Ferro e Aço chinesa. Se o nível de produção for mantido no segundo semestre, a produção de aço chegará a 424 milhões de toneladas neste ano. A produção de aço do gigante asiático foi de 414 milhões de toneladas em 2005, e este ano a capacidade de produção deve aumentar em 25 milhões de toneladas.A demanda de aço cresceu 13,25% em junho, para 188,41 milhões de toneladas. Já as exportações aumentaram 47,71%, para 17,09 milhões de toneladas nesse período. As importações de aço subiram 28,81%, para 9,41 milhões de toneladas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.