Estadão
Estadão

União determina novo bloqueio nas contas do Rio

Secretaria da Fazenda diz que medida afeta o pagamento dos servidores públicos

Mônica Ciarelli, O Estado de S.Paulo

10 Novembro 2016 | 15h18

A União determinou um novo bloqueio das contas do governo estadual do Rio de Janeiro, desta vez de R$ 140 milhões. Desse total, R$ 81 milhões são recursos oriundos da repatriação e outros R$ 59 milhões são do Fundo de Participação dos Estados. 

Esse é o segundo bloqueio feito pela União nesta semana pelo não pagamento de dívidas. Na segunda-feira, o governo federal já havia bloqueado R$ 170 milhões referente a uma dívida não paga pelo Rio. Ao todo, os bloqueios somam R$ 310 milhões. 

Em nota, a secretaria estadual de Fazenda informa que a medida afeta diretamente a gestão de caixa do estado e compromete o fluxo de pagamento dos servidores no mês de outubro. 

Na quarta-feira, o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, havia dito que nem mesmo o ilusionista Mister M resolveria a situação econômica do Estado. Pezão fez as declarações ao rechaçar a proposta de intervenção federal, apresentada por integrantes da bancada fluminense na Câmara dos Deputados. Segundo o presidente da Casa, Rodrigo Maia, o Tesouro calcula que o Estado do Rio de Janeiro precisaria de um resgate entre R$ 5 bilhões e R$ 10 bilhões para sobreviver nos próximos 12 meses.

Após decretar estado de calamidade pública por causa do rombo nas contas, o governo fluminense anunciou, na sexta-feira, 4, um pacote de ajustes para tentar reequilibrar as contas do Estado.

Mais conteúdo sobre:
União Rio de Janeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.