Yves Herman/Reuters
Yves Herman/Reuters

União Europeia afirma que vai retaliar taxação de produtos dos Estados Unidos

Governo de Donald Trump anunciou tarifas sobre queijos e vinhos após subsídios europeus ilegais para a Airbus; OMC autorizou ação dos Estados Unidos

Redação, O Estado de S.Paulo

03 de outubro de 2019 | 10h52

A União Europeia afirmou nesta quinta-feira, 03, que vai retaliar a decisão dos Estados Unidos de impor tarifas a uma série de exportações do bloco, incluindo queijos e vinhos.

 

Na última quarta-feira, 02, o governo de Donald Trump anunciou que vai punir US$ 7,5 bilhões em exportações europeias a partir do dia 18. O anúncio veio após a Organização Mundial do Comércio (OMC) autorizar Washington a reataliar a UE devido a subsídios ilegais concedidos pelo bloco à fabricante de aviões Airbus.

No Twitter, Donald Trump comemorou decisão da OMC favorável aos Estados Unidos e afirmou que se trata de uma 'vitória'.

Conflito comercial Boeing x Embraer

  A UE espera que um caso similar envolvendo subsídios dos EUA para a Boeing acabe indo a seu favor. A expectativa é que a OMC anuncie um veredicto nos próximos meses.

"Se os EUA impuserem contramedidas, forçarão a UE para uma situação em que teremos de fazer o mesmo", disse hoje o porta-voz da Comissão Europeia, Daniel Rosario, ecoando a perspectiva sombria expressada por vários governos da UE. "Esse é um gesto que irá primeiramente afetar os consumidores e companhias dos EUA e tornará mais complicados esforços no sentido de um acordo negociado", acrescentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.