União Europeia aprova ajuda para quatro bancos gregos

Valor de € 18 bi será transferido ao bancos National Bank of Greece, Alpha Bank, EFG Eurobank Ergasias e Piraeus Bank

Patrícia Braga, da Agência Estado,

27 de julho de 2012 | 14h41

BRUXELAS - Os reguladores da União Europeia decidiram hoje aprovar a ajuda temporária para recapitalização de quatro grandes bancos gregos no valor total de 18 bilhões de euros. O valor será transferido pelo Fundo Helênico de Estabilidade Financeira (HFSF, na sigla em inglês) para National Bank of Greece, Alpha Bank, EFG Eurobank Ergasias e Piraeus Bank, que juntos correspondem a quase 80% dos ativos do sistema bancário da Grécia.

O comissão europeu, Joaquim Almunia, disse que a ajuda foi aprovada no momento em que os bancos gregos estão trabalhando "sob condições extremas". A participação do governo grego na troca de bônus e a profunda recessão enfraqueceram esses bancos. A recapitalização-ponte pelo HFSF garante a estabilidade do sistema bancário grego",afirmou Almunia.

Os recursos, que compreendem bônus emitidos pela Linha de Estabilidade Financeira Europeia (EFSF, na sigla em inglês), fazem parte de um pacote de assistência oferecido pela União Europeia e o Fundo Monetário Internacional (FMI) para a Grécia e são destinados a cobrir as perdas dos bancos com a reestruturação de € 200 bilhões em dívida soberana em março. Desde que foram forçados a registrar perdas com os bônus do governo grego que possuem, os bancos estão tecnicamente insolventes.

A EFSF já transferiu € 25 bilhões em bônus para o HFSF, dos quais € 18 bilhões servirão como empréstimo-ponte para os bancos até que eles completem uma recapitalização formal no fim deste ano. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
gréciafmirecapitalização

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.