União Européia contesta formalmente os EUA no caso do aço

A União Européia entrou formalmente com pedido de contestação na Organização Mundial do Comércio (OMC) contra a imposição de tarifas às importações de aço pelos EUA, anunciada na terça-feira. A reclamação formal segue-se à ação da Austrália e da Nova Zelândia. A requisição da União Européia pede avaliação das tarifas dos EUA. Já está sendo discutido com Washington a possibilidade de compensações pelo prejuízo de cerca de US$ 3,8 bilhões que os produtores deverão ter com a medida dos EUA. As informações são das agências internacionais.

Agencia Estado,

07 de março de 2002 | 12h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.