União Européia desbloqueia produtos têxteis da China

A União Européia e a China chegaram a um acordo para desbloquear as importações de produtos chineses que atualmente estão empilhados nos portos europeus, segundo a porta-voz da UE, Francoise Le Bail. Ela acrescentou que o acordo precisa ser assinado pelos 25 governos da UE. Os países com grandes indústrias produtores de têxteis, como França, Itália e Espanha, tinham bloqueado o acordo. A porta-voz disse acreditar que os termos são benéficos para as duas partes. O escritório de chefe de comércio, Peter Mandelson, esteve ocupado esta manhã tentando organizar uma reunião com representantes de todos os governos para hoje ainda. "Nós acreditamos que conseguiremos chegar a uma solução justa", disse Le Bail. "Nós devemos liberar os produtos que estão armazenados logo", acrescentou. Se o acordo for mesmo assinado, será o fim de uma tensa negociação que se arrasta desde julho, quando a Europa fechou seus portos para a entrada dos produtos chineses. As importações haviam superado as cotas de importação européia. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.