União obtém deságio de 66% em projeto de banda larga

Com um deságio de 66%, o consórcio Embratel/Oi/Telefonica/Brasil Telecom venceu hoje a licitação do Ministério das Comunicações para implantar novos pontos do programa Governo Eletrônico - Serviço de Atendimento ao Cidadão (Gesac). O programa promove a inclusão digital instalando computadores e permitindo acesso à internet por banda larga em municípios de baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Para um preço-teto de R$ 5,3 milhões por mês, o consórcio ofereceu R$ 1,8 milhão.O mesmo consórcio havia vencido a licitação de sexta-feira passada, específica para pontos do Gesac no Nordeste, com um deságio de 70% (R$ 1,4 milhão para um teto de R$ 5,1 milhões por mês). O Gesac tem instalados no País 3,3 mil pontos e sua meta é atingir 20 mil pontos até o final de 2010.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.