finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

União poderá indenizar integralmente prejudicados pela aftosa

Projeto de lei que altera medidas de defesa sanitária animal é aprovada e segue para sanção presidencial

Fabíola Salvador, da Agência Estado,

08 de agosto de 2007 | 16h50

O Projeto de Lei de Conversão (PLV) 18/07, que estabelece que a União poderá indenizar integralmente os proprietários de animais abatidos por medida de combate à febre aftosa em propriedades localizadas a até 150 quilômetros da fronteira terrestre, foi aprovado na terça-feira, 7.  O PLV, decorrente de modificações implementadas pela Câmara dos Deputados na Medida Provisória (MP) 371/07, segue agora para a sanção presidencial. O projeto altera a Lei 569/48, que trata de medidas de defesa sanitária animal.  O texto anterior prevê que um terço da indenização virá do governo estadual e os dois terços restantes do governo federal, o que continua a ocorrer nas propriedades fora da faixa de 150 quilômetros da fronteira. A proposta também altera o prazo para os proprietários pedirem indenização, de 90 para 180 dias.

Tudo o que sabemos sobre:
febre aftosa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.