finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Unica entrega carta à ONU sobre biocombustíveis

A União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica) entregará, ao secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, uma carta com esclarecimentos sobre a competição entre os biocombustíveis, no caso, o etanol, e os alimentos. A medida visa minimizar os constantes questionamentos do avanço da cana-de-açúcar sobre áreas de grãos no Brasil, segundo maior produtor de álcool do planeta e um dos maiores exportadores de grãos. O conteúdo da carta será divulgado pelo presidente da entidade, Marcos Sawaya Jank, na próxima segunda-feira (dia 12), às 11 horas, na sede da entidade, na capital paulista.O secretário-geral da ONU chega ao Brasil no domingo (dia 11) e seu primeiro compromisso oficial no País será uma visita à Usina Santa Adélia, em Jaboticabal, região de Ribeirão Preto (SP). Ele conhecerá a produção do etanol e segue no mesmo dia para Brasília (DF), onde se encontrará na manhã de segunda-feira, com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ainda no Brasil, Ki-moon viaja para Belém (PA) e, na terça-feira (dia 13), segue para São Paulo pela manhã, de onde embarca, à noite, para Nova York.Além do conteúdo da carta a ser entregue ao secretário-geral da ONU, o presidente da Unica vai anunciar os detalhes da primeira iniciativa conjunta de quatro das principais entidades da indústria de etanol no mundo - Canadian Renewable Fuels Association, European Bioethanol Fuel Association, Renewable Fuels Association e a Única - que assinaram, em Amsterdã, na Holanda, um comunicado sobre a necessidade do desenvolvimento de uma indústria global de combustíveis renováveis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.