Unica: mais de 60% da cana vai para produção de álcool

Dados divulgados hoje pela União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica) confirmam a safra 2008/09 como uma das mais alcooleiras já registradas no Brasil. Até 15 de junho, 61,87% da cana-de-açúcar processada foi utilizada na produção de etanol (álcool combustível), ficando 38,13% para a produção de açúcar. Em igual período da safra 2007/08, o aproveitamento de cana para a produção de álcool era de 56,69%. A produção de etanol cresceu 7,01% no período em relação à safra 2007/08.Segundo a Unica, as condições climáticas observadas até 15 de junho foram favoráveis ao desenvolvimento da cana-de-açúcar, mas negativas para a maturação da planta, o que contribuiu para nova redução no conteúdo de açúcar obtido por tonelada de cana esmagada. A produção de açúcar caiu 13,84%.Consumo internoO volume de álcool hidratado (o que é utilizado diretamente nos veículos) consumido no Brasil de janeiro a maio de 2008 atingiu a marca dos 5 bilhões de litros, contra 3,23 bilhões de litros no mesmo período de 2007, um crescimento de 54,8%, segundo os dados da Única. Em nove Estados, este crescimento ultrapassou 100%, com destaque para Mato Grosso, onde o consumo cresceu em 219,7%.O diretor técnico da entidade, Antonio de Pádua Rodrigues, afirma que nas últimas semanas, em 92% do mercado brasileiro, o álcool nos postos de combustíveis registrou uma relação de preço inferior a 65% do preço do litro da gasolina, o que significa ganhos expressivos para quem está utilizando o combustível renovável.As vendas de etanol para o mercado externo também registraram aumento. Até 15 de junho, a saída de etanol das usinas para exportação totalizou 854 milhões de litros, superando em 64% o volume embarcado no mesmo período da safra 2007/08.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.