Unimed: médicos vão normalizar atendimento

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) obteve dos médicos cooperados da Unimed São Paulo a garantia de que vão normalizar de imediato o atendimento aos consumidores de seus planos de saúde. Acompanhado dos diretores de normas e habilitação de produtos e de operadoras, João Luís Barroca e Solange Beatriz Palheiro Mendes, o diretor-presidente da ANS, Januario Montone, recebeu hoje, na sede da ANS, o presidente da Unimed São Paulo, Edmundo Castilho, e os três médicos integrantes da comissão de acompanhamento escolhida na assembléia da cooperativa, realizada ontem em São Paulo: Cid Carvalhais, Gilberto e João Tenório, assim como o representante do Conselho Regional de Medicina de São Paulo (CRM-SP), Antônio Pereira Filho.Após duas horas e meia de negociações, o Diretor-Presidente da ANS fixou a quinta-feira, dia 21 de dezembro, como prazo final para que a Unimed São Paulo apresente à ANS dois planos: um emergencial de recuperação das condições assistenciais aos consumidores da cooperativa e outro de recuperação econômico-financeira, que poderá incluir - além de aporte de capital dos médicos sócios da cooperativa - a venda de bens da instituição e a liberação de depósitos judiciais.A ANS decidiu também adotar a Direção Fiscal e a Direção Técnica na Unimed São Paulo, na quinta-feira, para que seja acompanhada a implantação dos dois planos na cooperativa

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.