coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

United Airlines chama de volta 1.300 ex-funcionários

A United Airlines, unidade da UAL Corp., vai chamar de volta 1.300 funcionários das áreas de rampa, serviço de cabine e atendimento a clientes nos principais centros de seus mercados devido à expectativa de um aumento nas atividades em junho. A companhia aérea distribuiu comunicado dizendo que vai tentar preencher todas as posições vagas com ex-funcionários ou atuais funcionários que queiram ser transferidos para outros departamentos. Depois disso, a empresa pretende recrutar 900 novos contratados por meio de anúncios nos principais jornais dos EUA. A United disse que já começou a chamar de volta os funcionários que foram demitidos no último outono (do hemisfério norte). A empresa informou que sua capacidade ainda estará cerca de 17% abaixo do que no mesmo período do ano passado, e que, por isso, só poderá chamar funcionários de certos mercados em recuperação como Chicago, Denver, Los Angeles, São Francisco e Washington-Dulles. A United, que admitiu ter "um longo caminho pela frente", disse que os ex-funcionários que serão beneficiados voltarão ao trabalho no fim do mês, e os novos contratados na primeira semana de junho.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.