UPS oferece mais concessões para garantir acordo com TNT--fontes

A United Parcel Service ofereceu mais concessões em uma tentativa de ganhar a aprovação regulatória da União Europeia para sua oferta de 5,2 bilhões de euros (6,8 bilhões de dólares) pela TNT Express, disseram duas pessoas familiarizadas com o assunto, nesta terça-feira.

Reuters

18 de dezembro de 2012 | 13h09

A última oferta surge após a Comissão Europeia (CE) indicar que uma proposta anterior de venda de armazéns e bases de clientes em cerca de 15 países, principalmente na Europa Oriental, não seria suficiente para resolver os problemas de concorrência.

A companhia líder em entregas no mundo quer comprar a rival holandesa TNT para obter acesso à rede da TNT no mercado de rápido crescimento da Ásia e da América Latina.

A UPS enviou sua última proposta à CE na segunda-feira, de acordo com uma das fontes.

A autoridade antitruste da UE, que decidirá até 5 de fevereiro se libera ou não o acordo, disse aos rivais e clientes da UPS que enviem respostas sobre as últimas concessões até a quarta-feira, disse uma fonte.

A Comissão Europeia e a UPS não quiseram comentar o assunto.

O regulador da UE está preocupado se a aquisição da TNT pela UPS vai resultar em uma empresa que concorreria apenas contra a unidade da DHL, da Deutsche Post, na Europa. A companhia alemã tem 15 por cento de participação do mercado europeu, atrás da TNT que tem 18 por cento.

(Por Foo Yun Chee)

Tudo o que sabemos sobre:
EMPRESASUPSLEGAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.