Uruguai tenta aumentar prazo para pagar dívida externa

O governo do Uruguai anunciou os detalhes para uma operação de troca voluntária de títulos da dívida externa do país no que aparenta ser uma operação "amigável" ao mercado. O Uruguai pediu a todos os credores, portadores de US$ 5,3 bilhões em bônus, para ampliarem os vencimentos desses papéis sem uma redução do principal da dívida ou dos juros. A oferta do Uruguai estará aberta até o 15 de maio.Com essa operação, o governo uruguaio tem como objetivo aliviar o encargo financeiro do país em meio a persistente recessão, que está no quinto ano. "Os termos dessa mudança no perfil da dívida refletem nossas extensas consultas com o mercado", disse o ministro de Economia uruguaio, Alejandro Atchugarry, em nota. "O adiamento do vencimento do principal da dívida que essa oferta contempla, se for aceita por um elevado porcentual de credores, devolverá ao Uruguai um perfil de dívida sustentável ao longo do médio prazo", diz a nota.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.