Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Usiminas negocia preço com Transpetro até março

O presidente da Usiminas, Rinaldo Campos Soares, disse hoje que a companhia tem até março de 2008 para negociar os preços do aço com a Transpetro para a construção dos navios que integram o Programa Nacional de Renovação da Frota. Segundo ele, as negociações continuam, mas precisam levar em consideração a valorização do real frente ao dólar e não somente a queda dos preços do aço no mercado internacional.A Transpetro quer uma redução em torno de 20%, o que igualaria o preço do aço vendido no mercado interno ao comercializado no exterior. "Os maiores volumes de aço só serão negociados a partir de março. Até lá há tempo para negociação", disse, após participar de apresentação dos resultados financeiros da empresa a analistas no Rio de Janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.