Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Uso do cartão na Internet ainda causa receio

O principal obstáculo para o aumento do comércio eletrônico na web é o receio que 68% dos internautas brasileiros têm de serem vítimas de fraudes decorrentes do uso do cartão de crédito. Para 55% dos internautas, a barreira está na impossibilidade de ver e tocar os produtos antes de comprá-los. As conclusões foram apresentadas hoje pela consultoria Ernst & Young, que incluiu pela primeira vez o Brasil em seu Global Study.O consumidor on-line é mais fiel, acredita o vice-presidente da consultoria Jorge Luiz Canabarro Menegassi. Isso porque 73% daqueles que já fizeram uma compra na rede relataram ter feito aquisições em cinco ou menos sites no último ano. Os consumidores brasileiros fizeram em média nove compras on-line por ano, com valor anual médio de US$ 493, enquanto os internautas norte-americanos fizeram 13 compras na web com valor médio de US$ 896 no mesmo período.Segundo a pesquisa, o principal artigo comprado pela Internet é o CD, adquirido pelo menos uma vez por 70% dos compradores on-line. Os altos custos de remessas foram criticados por 58% dos consumidores entrevistados no Brasil enquanto que mais da metade apontou o frete gratuito como um grande estímulo para o incremento do número de transações. Os principais sites apontados como favoritos para a compra foram www.submarino.com (34%), www.americanas.com (26%), ww.saraiva.com.br (20%), www.amazon.com (18%) e www.siciliano.com.br (14%).

Agencia Estado,

16 de janeiro de 2001 | 18h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.