Utilização do serviço WAP deve crescer

Previsões da Value Partners, empresa de consultoria de alta gestão, apontam expressivo crescimento do Wap - conexão à Internet pelo aparelho celular -, que em 2005 terá até superado o acesso convencional à grande rede. Hoje, apenas 9% dos usuários da Internet utilizam a conexão sem fio. "Isso se deve à popularização da telefonia celular, sobretudo após a entrada dos pré-pagos no mercado, e à queda do preço dos aparelhos, o que possibilitou um maior número de pessoas acessando remotamente a Internet", afirma Júlio Cardozo, consultor da Value Partners. "Além disso, temos observado que, em relação aos EUA, por exemplo, a penetração dos PCs no Brasil é muito baixa. No ano passado, somente 5% da população do país possuía um computador pessoal".Por enquanto, 98% dos acessos WAP ainda são feitos por aparelhos celulares mas, com a crescente convergência dos meios, que possibilitará a integração dos recursos de telefonia e do computador pessoal (principalmente os modelos PDAs e Notebooks) em um novo tipo de equipamento único, a tendência é que, até 2010, 33% da população brasileira esteja conectada à Internet através de diferentes dispositivos sem fio, além dos telefones móveis.Esse aquecimento da tecnologia Wap é, também, conseqüência das novas licenças SMP da Anatel, que possibilitarão, a partir de 2004, o acesso Wap em banda larga (3G) que, até 2010 atingirá 16% do mercado .A receita das operadoras proveniente da Internet Móvel também será significativa, chegando a US$ 20 bilhões em 2005.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.