Ricardo Moraes/Reuters
Ricardo Moraes/Reuters

finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Vale acerta venda de fatia de 25% em empresa de carvão na China por US$ 152 mi

O fechamento da operação é esperado para o primeiro trimestre de 2020

Agências, Reuters

27 de dezembro de 2019 | 14h23

A mineradora Vale informou nesta sexta-feira, 27, que fechou acordo para vender a totalidade de sua participação de 25% na produtora de carvão chinesa Henan Longyu Energy Resources por cerca de US$ 152 milhões.

A fatia na Longyu, que opera duas minas na província de Henan, com produção de cerca de 3,4 milhões de toneladas ao ano de carvão metalúrgico e térmico, foi vendida para o Yongmei Group, que já controlava a companhia, disse a Vale.

O fechamento da operação é esperado para o primeiro trimestre de 2020, após a conclusão de condições precedentes à transferência da participação, acrescentou a mineradora.

A Vale ressaltou que o acordo está em linha com sua estratégia de disciplina na alocação de capital e racionalização de portfólio de negócios.

Tudo o que sabemos sobre:
Vale [empresa mineração]mineração

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.