Vale compra companhia da Noruega

A Companhia Vale do Rio Doce (CVRD) comprou a companhia norueguesa Elkem Rana por US$ 17,6 milhões. Com a aquisição, a Vale conseguirá grande economia com o custo de energia na produção de ferro manganês. A energia representa cerca de 25% do custo deste tipo de produção.Segundo o gerente de relações com investidores da mineradora, Roberto Castelo Branco, o contrato fechado até 2005 irá pagar US$ 9,00 por megawatt hora. No Brasil e na França, onde a empresa também produz ferro manganês, o custo dos contratos é de US$ 28 o megawatt hora.Além disso, a compra está em sintonia com os planos de integração da Vale, que agora irá aumentar a participação na Europa. "Estaremos mais perto do mercado consumidor", disse. A intenção da Vale é transformar a companhia de produtora de ferro cromo para fabricante de ferro manganês. O executivo disse que o mercado de cromo está ruim, e será possível fazer esta mudança com investimento de US$ 2 milhões.Ele disse que a Rana tem em caixa US$ 7 milhões. Com esta mudança, a mineradora poderá integrar a produção. Atualmente, ela tem quatro minas de manganês e seis usinas de ferro-liga, uma na França.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.