Vale conclui venda de ativos de carvão na Colômbia

A Vale concluiu a venda de suas operações de carvão térmico na Colômbia para a CPC S.A.S., uma afiliada da Colombian Natural Resources S.A.S. (CNR), por 407 milhões de dólares em dinheiro, de acordo com fato relevante da mineradora enviado ao mercado nesta segunda-feira.

REUTERS

25 de junho de 2012 | 19h09

A compradora, do banco de investimentos Goldman Sachs, teria como principal atrativo a utilização de infraestrutura portuária na região, segundo antecipou a Reuters em fevereiro.

De acordo com a companhia, as operações constituem um sistema integrado mina-ferrovia-porto que consiste em uma mina e um depósito de carvão, além de uma operação portuária de carvão e uma participação na ferrovia que liga as minas ao porto.

"A conclusão da venda das operações de carvão térmico na Colômbia é parte de nossos esforços contínuos de otimização do portfólio de ativos", disse a empresa.

(Por Juliana Schincariol)

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODSVALECARVAOATUA1*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.