Vale consolida posição de maior exportadora do País

As exportações da Vale, que no mês passado somaram US$ 3,104 bilhões, foram impulsionadas pelo aumento da demanda externa pelo minério de ferro e pela forte recuperação dos preços da matéria-prima

André Magnabosco, da Agência Estado, Agencia Estado

16 de setembro de 2010 | 19h30

A Vale consolidou em agosto a condição de líder do ranking das maiores exportadoras do Brasil, segundo levantamento mensal divulgado pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex), ligada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). Após ultrapassar a Petrobras em junho e chegar ao final de julho em condição de "empate técnico" com a petrolífera no acumulado anual, a mineradora exportou praticamente US$ 2 bilhões a mais do que a Petrobras em agosto e se firmou na posição de líder nacional.

As exportações da Vale no mês passado somaram US$ 3,104 bilhões (preço FOB), expansão de 296,28% em relação ao mesmo período do ano passado. A alta é ocasionada principalmente pelo aumento da demanda externa pelo minério de ferro e pela forte recuperação dos preços internacionais da matéria-prima desde o começo deste ano - a primeira negociação de 2010 resultou em reajuste médio de 90% a 100%. Já as vendas externas da Petrobras totalizaram US$ 1,397 bilhão no mês, retração de 14,11% na mesma base comparativa, influenciada pelo desempenho volátil dos preços internacionais do petróleo e pela necessidade de destinar maior parte da produção ao mercado doméstico.

Com isso, as vendas da Vale no acumulado entre janeiro e agosto totalizaram US$ 13,248 bilhões, ante US$ 11,537 bilhões da Petrobras. Na comparação com o mesmo período do ano passado, as vendas da Vale apresentam acréscimo de 83,56%, enquanto as da Petrobras cresceram 62,87%.

O ranking das maiores exportadoras do País também conta com a presença da Petrobras Distribuidora, cujas vendas externas somaram US$ 84,128 milhões em agosto. O resultado é 126,43% superior ao total reportado no mesmo período de 2009 e contribuiu para que as vendas da empresa no acumulado anual alcançassem US$ 515,363 milhões até agosto. O montante representa alta de 54,40% ante o intervalo entre janeiro e agosto de 2009.

Tudo o que sabemos sobre:
exportaçõesValePetrobrasSecex

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.