Vale do Rio Doce anuncia projetos para aumentar sua produção

A Companhia Vale do Rio Doce (CVRC), maior produtora e exportadora mundial de minério de ferro, anunciou hoje dois milionários projetos para aumentar sua produção de ferro aglomerado cru.A Vale, que também é a maior produtora e exportadora mundial de pelotas de ferro, com uma fabricação que chegou a 45,4 milhões de toneladas no ano passado, informou em comunicado que os dois novos projetos permitirão que a empresa aumente sua capacidade anual de produção em 14,6 milhões de toneladas, cerca de 32%.O primeiro projeto prevê a construção de uma nova fábrica da Samarco Mineração - da qual a Vale tem participação de 50%, junto com a australiana BHP Billiton - e o segundo se refere a uma nova fábrica para sua subsidiária Caemi Mineração Metalúrgica.Nova unidadeSegundo o comunicado divulgado pela Vale, o Conselho de Administração da Samarco aprovou o investimento de US$ 1,183 bilhão na construção de sua terceira usina para a produção de pelotas. A nova unidade da empresa aumentará em 7,6 milhões de toneladas a atual capacidade de produção da Samarco, que é de 15 milhões de toneladas anuais.A nova usina poderá começar a operar no primeiro semestre de 2008, segundo as previsões. A unidade será abastecida com parte dos 10 milhões de toneladas de minério de ferro que a Vale começará a produzir anualmente em sua mina de Fazendão, em Minas Gerais.A companhia informou também que sua subsidiária Caemi construirá uma usina com capacidade para produzir 7 milhões de pelotas por ano, com início previsto para meados de 2008. "O valor do investimento, que também inclui uma usina de concentração de minério de ferro e um mineroduto de 4 quilômetros para seu transporte, é estimado em US$ 759 milhões", afirma o comunicado da empresa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.